30 de novembro

GDF - Administrações Regionais
1/06/20 às 18h57 - Atualizado em 17/06/21 às 16h15

Engenho das Lajes, no Gama, recebe megaoperação de limpeza

COMPARTILHAR

Os trabalhos do GDF Presente não param nem aos finais de semana. Na manhã deste sábado (30), a equipe do Polo Sul do programa e a Administração Regional do Gama fizeram uma grande operação de limpeza no Engenho das Lajes, um povoado do Gama. Cerca de 600 toneladas de lixo, entulho, galhos de árvores e objetos inservíveis, móveis como sofás e camas velhos foram recolhidos.

 “Foram utilizados 25 caminhões e duas pás mecânicas. E cada um deles fez duas viagens até a Unidade de Recolhimento de Entulho (URE) da Estrutural. Então podemos dizer que retiramos 50 caminhões de lixo em todas as ruas da comunidade”, relata o coordenador do Polo Sul, Germano Guedes.

Esta foi a segunda vez, apenas nesta semana, que o GDF Presente esteve na região. Na segunda-feira (25), o programa retirou 48 toneladas de lixo e entulho. Mas os quatro caminhões não foram suficientes e, por isso, as equipes voltaram ao Engenho das Lajes com mais 21 veículos para recolher o restante dos resíduos.

A ação foi solicitada à administração regional pelos moradores. “A limpeza dessa área era um caso de saúde pública. A gente tem casos de dengue aqui e essa quantidade de entulho acumulava água parada. Era um foco”, relatou Rijiana Jamais Porto, representante da Associação de Moradores do Engenho das Lajes.

A administradora do Gama, Joseane Araújo Feitosa Monteiro, lamenta que a própria comunidade jogue lixo e entulho nas áreas públicas do povoado. Ela lembra que os funcionários da administração aproveitaram a ação do GDF Presente para conscientizar a população sobre a importância de depositar dejetos no local correto. “Sem ajuda dos moradores não conseguimos manter a cidade limpa”, resumiu. Também foram distribuídas mil máscaras protetivas para a população local.

Estacionamento

O GDF Presente está há duas semanas no Gama. Nesse período, as equipes trabalharam em recuperação, troca de piso e ampliação do canteiro central entre a feira do Galpãozinho e a Rodoviária do Gama.

A área, de 650 metros quadrados, é um espaço de grande movimentação de veículos, mas com capacidade limitada de estacionamento – apenas 12 vagas. Com a reforma, esse número será dobrado.

Além disso, o espaço arborizado teve, ao longo dos anos, o piso de blocos intertravados de cimento deslocados com o crescimento das raízes, comprometendo o pleno aproveitamento do espaço. O pavimento antigo já foi retirado e a área será aterrada, cobrindo-se as raízes expostas das árvores, para depois ser nivelada.

Matéria escrita por Douglas Oliveira.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros